Iluminador a estrela da maquiagem

Pouco tempo atrás, o contorno era uma obsessão no YouTube, logo seguido pelo strobing e seus derivados malucos. Porém, independentemente da técnica, o foco está sempre no uso da luz (ou sua ausência) para realçar seu rosto. Nos últimos desfiles de 2017, alguns maquiadores fizeram exatamente isso, da forma mais bonita possível, usando uma combinação de blush e iluminador. As coleções eram de outono, mas as modelos brilhavam com uma pele primaveril com toques de orvalho.

“Ao usar iluminador e blush, damos vivacidade à pele, o que é muito bonito durante todo o ano”, disse Kelli Bartlett, vice-presidente de novos serviços e maquiagem do aplicativo Glamsquad. Ela criou um brilho discreto no desfile de Erin Fetherston na Semana de Moda de Nova York.

Esse frescor é o aspecto principal do visual, e fazê-lo é fácil, basta trocar as versões em pó do blush e do iluminador pelas cremosas e líquidas.

“Existem dois tipos de brilho que podem ser feitos na pele; para o ‘reflexo de luz’ uso shimmer, e o ‘umectante’ dá brilho com toques de orvalho. E, às vezes, um só produto combina os dois”, conta Troy Surratt, maquiador e fundador da Surratt Beauty.

Blushes cremosos e iluminadores dão à pele aquela aparência “sou brilhante assim mesmo”, ao invés de “estou usando iluminador”. E o resultado é que dá para ver que não há contorno.

“O contorno intimida algumas mulheres. Elas podem ficar com umas faixas no rosto. É preciso muita técnica para misturar. Por isso a nova ideia é ótima, dá para alterar a estrutura do rosto apenas com iluminador e blush”, disse Bartlett.

As pessoas geralmente acham que os iluminadores têm tons universais. Não é bem assim, de acordo com Sir John, maquiador e embaixador da marca L’Oréal Paris. Ele sugere tons mais frios como prata ou rosa tênue para a pele clara. Os tons de pele médios e azeitonados ficam melhor quando iluminados com dourado. E para a pele escura, tente ouro rosa ou cobre.

O tom certo do blush combina com a cor das suas bochechas depois que você se exercita. Para tons de pele escuros, Bartlett aconselha cores vibrantes. “Caso contrário a cor não vai aparecer ou terá uma aparência enlameada. O vermelho ou laranja brilhante adiciona calor à pele. Tons fortes de passas e ameixa dão profundidade.”

Como aplicar o iluminador

Antes de aplicar o blush ou o iluminador, certifique-se de que sua pele esteja hidratada e com prime.

“Produtos cremosos podem deixar o rosto pesado e a cor supersaturada fica mais difícil de misturar”, disse Surratt. Aplique primeiro o blush, começando sobre as maçãs do rosto e subindo na direção das têmporas. Isso vai emoldurar a face e criar uma estrutura sem contorno.

Com o dedo indicador dando batidinhas, passe de leve o iluminador cremoso ou líquido ao longo do nariz, sobre as maçãs do rosto, entre as pálpebras, no canto interior do olho e acima do lábio, ou arco do cupido. Espalhe o produto com um pincel macio.

O resultado ficará bonito, mas não exagere. O iluminador não deve ser usado no centro do rosto em direção ao nariz. “Você vai acabar com uma aparência gordurosa”, disse Sir John.